CCZ inicia Terceira Etapa de estimativa populacional de cães de rua
18/10/2019 08:05 em Cotidiano

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) deu início nesta semana à terceira etapa do projeto de estimativa populacional, levantamento e diagnóstico da saúde dos cães encontrados nas ruas, com ênfase nas zoonoses. Até o dia 25 de outubro, cinco equipes percorrerão várias regiões da cidade para fazer o registro de informações e a coleta de amostras de sangue, fezes e carrapato, aplicação de vacinas, como a antirrábica, e vermifugação dos animais. 

Essa é a última fase do processo de captura canina para a coleta de exames. A meta é capturar cerca de 400 animais até a próxima semana. Os cães capturados recebem os procedimentos no próprio local onde são encontrados e são soltos após receberem os cuidados. Até agora, cerca de 750 cães passaram pelo projeto. 

Além de promover o bem estar animal, a ação visa fazer uma estimativa populacional de cães de rua e levantar o comportamento das doenças no município. Com a análise da coleta de sangue, será possível identificar a quantidade de patologias e a incidência por região. Os dados coletados são fundamentais para a análise dos impactos das zoonoses na saúde pública. Com a conclusão do projeto, os indicadores serão utilizados para direcionar as políticas públicas da área.

“Após o processo de coleta e análise dos exames, vamos ter um diagnóstico da realidade e poderemos iniciar a elaboração das políticas públicas e ações para promoção da saúde animal e do homem”, explicou o chefe do CCZ, Carlos de Santi. 

Texto: G Dia / Imagem: PMFI / AMN

COMENTÁRIOS